Separatistas pró-Rússia derrubam avião com 30 militares ucranianos

Aeronave foi atingida quando se preparava para pousar no aeroporto de Luhansk; governo não confirma número de mortos

O Estado de S. Paulo

14 de junho de 2014 | 01h39

KIEV - Um avião com pelo menos 30 militares ucranianos foi atacado no começo da madrugada deste sábado, 14, quando se preparava para pousar no aeroporto de Luhansk, no leste do país. Em nota, o ministério da Defesa da Ucrânia confirmou a ação dos separatistas, mas não divulgou o número de mortos e feridos - de acordo com o jornal inglês The Telegraph, a aeronave carregava cerca de 50 pessoas.

"Os terroristas dispararam com uma metralhadora de grosso calibre e atingiram o avião IL-76 do Exército que transportava tropas de rodízio e estava a ponto de aterrissar no aeroporto de Luhansk", afirmou o comunicado do governo. 

O autoproclamado prefeito de Luhansk - reduto da resistência ao governo de Kiev -, Vladímir Inogorodski, afirmou que tinha informações sobre um tiroteio no aeroporto e que, aparentemente, os separatistas tinham danificado um avião de transporte militar com um míssil antiaéreo. / EFE

Mais conteúdo sobre:
UcrâniaCrise na Ucrânia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.