Seqüestradas 25 pessoas da Câmara de Comércio no Iraque

Um grupo de homens armados com uniformes militares seqüestrou nesta segunda-feira 25 pessoas da sede da Câmara de Comércio iraquiano-americana no centro de Bagdá, informaram fontes do Ministério do Interior.Os seqüestradores chegaram ao local no começo da tarde em vários veículos parecidos com os utilizados pelo Exército e "levaram 25 pessoas para um lugar desconhecido", disseram as fontes.As fontes afirmaram que a operação durou dez minutos, que os seqüestradores usaram quinze veículos e que a maioria dos seqüestrados são empregados da câmara de comércio, sem dar mais detalhes.Centenas de pessoas foram seqüestradas por grupos radicais no Iraque nos últimos meses e muitas delas foram assassinadas por seus seqüestradores.Por outro lado, fontes do Ministério do Interior informaram que pelo menos nove pessoas, inclusive um coronel dos serviços secretos iraquianos, morreram em novos ataques cometidos nesta segunda-feira pela insurgência em diferentes áreas do Iraque.Quatro das nove vítimas eram membros de uma milícia curda e morreram em um atentado suicida com carro-bomba em uma estrada entre as cidades de Dohuk e Mossul, no norte do Iraque, disse o capitão de Polícia Ali Hadi. Dez pessoas ficaram feridas no ataque.Em Bagdá, um grupo de pistoleiros assassinou o coronel Fakhri Jamil no bairro Al Yarmouk (oeste), enquanto outros quatro iraquianos morreram em ataques no leste e no centro da capital.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.