Seqüestrado senador liberal na Colômbia

O senador Luis Eladio Pérez foi seqüestrado pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC) enquanto percorria povoados do departamento (Estado) de Nariño, no sul do país, informou nesta terça-feira sua família. O congressista, que havia escapado há duas semanas de uma tentativa de seqüestro por guerrilheiros do mesmo grupo, foi capturado no último domingo junto com outras duas pessoas, que foram libertadas no mesmo dia, para entregarem à família a mensagem das FARC, indicou o senador Jaime Cáceres ao denunciar o rapto."O governo rejeita categoricamente este seqüestro, que atenta contra a liberdade individual", afirmou o ministro do Interior colombiano, Armando Estrada. Durante a anterior tentativa de seqüestro de Pérez, senador liberal que foi presidente da Comissão de Relações Internacionais do Congresso, os homens do seu serviço de segurança enfrentaram os guerrilheiros e conseguiram evitar que ele fosse detido. "Estes são os gestos de paz das FARC", comentou o senador Enrique Gómez, ao condenar o seqüestro de seu companheiro de Congresso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.