Sequestrador mantém 30 crianças reféns na Malásia

Cerca de 30 crianças e vários professores de um jardim de infância ao sul do Estado de Johor, na Malásia, são mantidos reféns na tarde desta quinta-feira(horário local), por um homem armado com um facão e um martelo, informaram as agências locais. A polícia, que negocia com o sequestrador, disse que ele ameaça matar as crianças caso não receba uma arma. A área esta cercada por policiais e o sequestrador negou que haja uma criança morta como noticiou o jornal The New Straits Times. Ele afirmou que a situação está sob controle. Segundo o jornal, o psiquiatra Lau Keen ajuda nas negociações do lado de fora. "Ele está com fome e quer algo para comer", disse Keen. O homem e seus reféns estão no andar de cima da escola que tem dois andares, informou o jornal. As informações são da Associated Press.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.