Seqüestradores de avião libertam passageiros na Líbia

Os seqüestradores de um avião que decolou ontem da região sudanesa de Darfur libertaram hoje todos os passageiros, horas depois de a aeronave ter pousado em um campo de pouso no Deserto do Saara, informou Mohammed Shleibek, diretor do departamento de aviação civil da Líbia, à agência de notícias Jana. Os seqüestradores mantêm os tripulantes reféns e não permitem que eles saiam do avião, prosseguiu Shleibek. O Boeing 737 foi seqüestrado ontem depois de decolar de Nyala, no sul de Darfur, com destino a Cartum, a capital sudanesa. O vôo foi então desviado para Kufra, um oásis no Saara líbio. De acordo com Shleibek, havia 87 passageiros e oito tripulantes a bordo no momento do seqüestro.Shleibek disse que as negociações com os seqüestradores resultaram na libertação dos 87 passageiros. Agora, acrescentou ele, os negociadores tentam persuadir os seqüestradores a soltarem os tripulantes e a se render.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.