REUTERS/Darrin Zamit-Lupi
REUTERS/Darrin Zamit-Lupi

Sequestradores de avião líbio libertam todos os passageiros e se rendem

Criminosos são simpatizantes do antigo regime do líder Muamar Kadafi e pediram asilo político na ilha

O Estado de S.Paulo

23 Dezembro 2016 | 13h04

VALLETTA - Os dois homens que sequestraram um avião na Líbia e o levaram para Malta nesta sexta-feira, 23, se renderam e foram levados sob custódia pelos policiais após libertarem todos os passageiros, informou o primeiro-ministro de Malta, Joseph Muscat, em sua conta no Twitter.

Os sequestradores são simpatizantes do antigo regime do líder Muamar Kadafi e pediram asilo político na ilha, segundo um ministro das Relações Exteriores do governo de Unidade Nacional (GNA), Taher Siala. Além disso, eles também queriam anunciar a criação de um partido político pró-Kadafi.

A imprensa de Maltesa havia divulgado que o Airbus A320 fazia um voo doméstico na Líbia pela companhia aérea estatal Afriqiyah Airways com 118 pessoas a bordo, segundo reportagens. Poucos antes de se renderem, todos foram libertados.

Segundo Muscat, os dois sequestradores estavam armados com uma granada de mão e uma pistola quando se renderam, mas soldados malteses encontraram outra arma dentro do avião após uma inspeção. Os criminosos ameaçavam explodir a aeronave, e um deles teria dito que estava disposto a libertar todos os 111 passageiros, mas não os 7 membros da tripulação, se suas exigências fossem cumpridas, mas essas não foram detalhadas.

O ex-líder da Líbia Muamar Kadafi foi morto em uma revolta em 2011, e o país tem sofrido desde então com a violência de algumas facções locais.

Todos os voos que deveriam aterrissar no Aeroporto Internacional de Malta foram cancelados ou desviados. Autoridades informaram que equipes de emergência foram enviadas ao local. / REUTERS, ASSOCIATED PRESS e AFP

Mais conteúdo sobre:
avião Malta Sequestro Líbia Muammar Kadafi

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.