Seqüestrados agradecem pela libertação no Afeganistão

Cansados mas felizes um dia após serem libertados em Cabul, os três funcionários da ONU seqüestrados no Afeganistão - Annetta Flanigan (Irlanda), Angelito Nayan (Filipinas) e Shqipe Hebibi (Kosovo) - tiveram um encontro hoje com o presidente afegão, Hamid Karzai. Depois encontraram-se com colegas da ONU. ?Agradecemos seu amor, sua amizade e suas preces, que nos deram a esperança de liberdade?, disse a irlandesa.Os três ex-reféns agradeceram também à população afegã por ter condenado a ação dos seqüestradores, mas não quiseram falar sobre eles e nem sobre os 27 dias em que estiveram cativos. ?Em nossos vários meses de trabalho no Afeganistão aprendemos a amar o país, seu povo, seus costumes e tradições?, disseram os três em comunicado. O presidente afegão agradeceu a Deus pela libertação. Os três sairão do país ainda hoje ou amanhã, e não disseram se voltarão para retomar seu trabalho de ajuda humanitária.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.