Série de ataques deixa 65 mortos e 190 feridos no Iraque

Uma série de atentados a bomba na província de Bagdá, no Iraque, deixou 65 pessoas mortas e 190 feridas na noite deste sábado, segundo autoridades locais. Somente na capital do país foram registrados 12 ataques com carros-bomba, sendo que outra explosão atingiu a cidade de Madain, ao sul de Bagdá. Com esses ataques, o número de mortos em julho já passa de 500.

Agência Estado

20 de julho de 2013 | 20h05

Segundo fontes da polícia e de serviços de saúde, os ataques em Bagdá atingiram uma rua de comércio popular no distrito central de Karrada, além de explosões em áreas shiitas nas regiões sul, norte e leste da cidade. Embora nenhum grupo tenha assumido ainda a autoria dos ataques, essas ações contra shiitas geralmente são praticadas pelo braço da Al-Qaeda no Iraque.

Horas antes dos ataques, homens armados em caminhonetes atiraram e mataram Bassem Mahmoud, líder local de da milícia sunita Sahwa, que luta contra a Al-Qaeda, perto da cidade de Baqouba, na província de Diyala. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Iraqueatentadosmortos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.