Khalil Al-A'nei/Efe
Khalil Al-A'nei/Efe

Série de ataques mata pelo menos 59 pessoas no Iraque

Atentados começaram no início da manhã e se estenderam por toda a tarde

AE, Agência Estado

16 de agosto de 2012 | 18h45

BAGDÁ - Uma onda de ataques realizados por insurgentes matou ao menos 59 pessoas e feriu dezenas no norte e centro do Iraque nesta quinta-feira, 16. Os atentados começaram no início da manhã e se estenderam pelo dia inteiro, elevando para mais de 150 o total de iraquianos mortos pela violência apenas no mês de agosto. Os ataques carregam a marca do Estado Islâmico do Iraque, uma confederação de extremistas islâmicos sunitas ligados à rede terrorista Al-Qaeda. Nenhum grupo, contudo, assumiu formalmente a série de ataques.

Veja também:

link Ataques com bomba matam três policiais perto de Bagdá

link Homem mata 7 xiitas em ataque no Iraque

Um dos atentados mais violentos ocorreu por volta do meio-dia (horário local), quando um carro-bomba explodiu perto da sede das forças de segurança da cidade de Daqouq, norte do país. Quando a polícia dirigiu-se ao local, outro artefato foi detonado, matando sete e atingindo outras 35 pessoas.

A onda de ataques se intensifica com a aproximação do final do mês islâmico do Ramadã, marcado pelo feriado do Eid al-Fitr, no final de semana. As autoridades tentam reforçar a segurança perto do feriado, quando as pessoas se reunirão nos parques, santuários e mesquitas. "Nossas forças de segurança receberam relatos da inteligência de que grupos terroristas estão planejando e preparando ataques durante e logo após o feriado do Eid", disse Abdul-Karim Tharib, chefe do comitê de segurança de Bagdá.

Somente neste mês, mais de 150 pessoas foram assassinadas, o que mostra a força da insurgência liderada pela Al-Qaeda iraquiana, oito meses após a retirada das tropas dos Estados Unidos. Na cidade de Kirkuk, norte do Iraque, foram detonadas bombas na casa de um general, em restaurantes, perto de uma patrulha de polícia e dentro do estacionamento de um escritório do governo, matando duas pessoas e ferindo 29.

Com AP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.