Série de explosões atinge Bangalore e matam 2 na Índia

Região atingida abriga sedes de empresas de tecnologia; outras 15 pessoas foram feridas nos incidentes

Agências internacionais,

25 de julho de 2008 | 08h24

Uma série de pequenas explosões atingiu a cidade de Bangalore, no sul da Índia, nesta sexta-feira, 25, matando duas pessoas e ferindo pelo menos 15, informou a polícia. "Em todos esses casos eles criaram as explosões usando um dispositivo de cronômetro", disse o comissário de polícia de Bangalore, Shankar Bidri, a repórteres no local de uma das explosões. "Também foram usados explosivos em quantidade igual a de duas granadas."   Segundo a BBC, o incidente ocorreu perto dos escritórios centrais de várias companhias de tecnologia que têm sede na cidade. Mais de 40% da indústria de tecnologia e softwares do país está sediada em Bangalore,  com escritórios de companhias como Microsoft, Intel e IBM. M. R. Pujar, comissário de polícia adjunto da cidade disse que "explosivos brutos" foram usados. "Houve sete explosões de pequena intensidade", disse ele à Reuters. "Algumas em áreas lotadas. Ao menos uma pessoa morreu e entre 15 e 20 ficaram feridas." A Índia tem sofrido com uma série de ataques a bomba nos últimos anos, com os alvos variando entre mesquitas e templos hindus até trens, mas geralmente nenhum grupo assume a autoria dos ataques. No incidente mais recente, em maio, mais de 60 pessoas foram mortas em uma série de explosões na cidade de Jaipur. As agências de segurança do país geralmente responsabilizam grupos islâmicos, com bases no Paquistão e em Bangladesh.  

Tudo o que sabemos sobre:
Índia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.