Série de explosões mata seis peregrinos xiitas no Iraque

Atentado deixou também 40 feridos; onde de ataques contra fiéis que seguem o rito já matou 100

AE-AP, Agencia Estado

12 de fevereiro de 2010 | 15h08

Três explosões que miravam peregrinos xiitas mataram pelo menos seis pessoas e feriram outras 40, hoje, no Iraque, segundo informações do diretor de um hospital local.

 

Veja também:

link Campanha eleitoral no Iraque começa em meio a polêmica

O médico Radwan al-Kindi disse que as bombas explodiram em uma rodovia perto da cidade de Kufa, uma das principais vias para a cidade sagrada de Najaf, no sul do país.

Al-Kindi, diretor do centro médico de Najaf, disse que os mortos eram todos peregrinos. Não havia outros detalhes disponíveis.

As explosões foram as últimas de uma série de ataques que mataram mais de 100 fiéis xiitas no Iraque nas últimas semanas.

Tudo o que sabemos sobre:
Iraqueatentadoperegrinosxiitasmortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.