Serra visita Alagoas e desdenha pesquisas

O ministro da Saúde, José Serra, pré-candidato à presidência pelo PSDB, participou nesta terça-feira, em Maceió, e em três cidades do interior do Estado, de uma série de atividades políticas e assinaturas de convênios com prefeituras alagoanas. A primeira solenidade aconteceu na Associação Comercial de Maceió, onde o ministro assinou um termo de cooperação técnica para criação do Centro de Alta Complexidade em Oncologia (Cacon). Esse convênio beneficiará o Hospital Universitário que irá receber R$ 2,5 milhões em equipamentos de última geração no combate ao câncer para pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). O ministro desdenhou das pesquisas de opinião pública que registram pequena alta na preferência do eleitorado. Ele disse que essas pesquisas divulgadas até então, parecem pesquisas encomendas para lançamentos de produtos, como sabonete e outros produtos de higiene pessoal. "Pesquisa é a pesquisa das urnas, no dia 3 de outubro", afirmou Serra. Participaram da solenidade em Maceió, o governador Ronaldo Lessa (PSB) e os senadores Renan Calheiros (PMDB) e Teotônio Vilela Filho (PSDB) além de deputados federais, estaduais, prefeitos e vereadores. De Maceió, o ministro se deslocou de helicóptero até a cidade de Boca da Mata, na zona da Mata, a 76 quilômetros da capital. Acompanhado dos senadores Renan Calheiros e Teotônio Vilela Filho, o ministro assinou convênio para a liberação de recursos do Projeto Alvorada que irá beneficiar a população do município com obras de saneamento básico no valor de R$ 70 milhões. De Boca da Mata, o ministro seguiu de helicóptero até o município de Santana do Ipanema. Lá, ele participou da solenidade de reinicio das obras do hospital Geral de Santana do Ipanema que deverão consumir recursos de R$ 5 milhões. Duas parcelas de R$ 950 mil já foram liberadas. De Santana, o ministro seguiu de helicóptero até a cidade Porto Real de Colégio, na divisa de Alagoas com Sergipe, a 183 quilômetros de Maceió. Após participar de um comício, na praça principal da cidade, Serra assinou convênio para o projeto Bolsa-Alimentação, que vai beneficiar 853 famílias. O município irá receber mensalmente R$ 12.795,00 totalizando R$ 153.500,00 ao ano. De Porto Real do Colégio o ministro voltou de helicóptero até o aeroporto Zumbi dos Palmares em Maceió, de onde retorna para Brasília. Sobre a sucessão presidencial ele disse que está buscando o apoio de todos os partidos que dão sustentação ao governo federal e confirmou que conversou com o governador de Pernambuco Jarbas Vasconcelos (PMDB), mas não chegou a convidá-lo para ser o seu vice.

Agencia Estado,

29 Janeiro 2002 | 20h43

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.