Sérvia reenvia embaixadores a países pró-Kosovo

A Sérvia decidiu hoje que todos os embaixadores que atuam em países que reconheceram a independência de Kosovo e foram chamados para consultas devem voltar aos seus postos. A província declarou unilateralmente sua autonomia de Belgrado em fevereiro. "O governo decidiu enviar os embaixadores para todos os países de que foram convocados (...) para continuar as atividades diplomáticas voltadas a preservar nossa soberania e integridade territorial", informou um comunicado sérvio.A decisão ocorre um dia depois de a Assembléia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) aprovar uma proposta sérvia. Segundo esse texto, a Corte Internacional de Justiça deve decidir se a separação de Kosovo está de acordo com a legislação internacional. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.