Reuters
Reuters

Serviço Secreto dos EUA interroga homem que perseguia filha de Obama

Serviço Secreto decidiu interrogar o homem após perceber que no passado ele já havia tentado entrar na Casa Branca quando Obama ainda estava no poder

O Estado de S. Paulo

19 Abril 2017 | 18h38

WASHINGTON - O Serviço Secreto dos Estados Unidos interrogou um homem que assediava e seguia Malia Obama, filha do ex-presidente americano Barack Obama, em Nova York, onde ela trabalha, informou nesta quarta-feira, 19, o jornal New York Daily News.

Segundo fontes citadas pelo jornal, Jair Nilton Cardoso tentou na semana passada entrar no prédio onde Malia trabalha como estagiária para pedir que se casasse com ele.

Na mesma semana, o homem voltou a procurá-la e segui-la pelas ruas de Manhattan, e membros do Serviço Secreto, que protegem as famílias de todos os presidentes dos EUA, o abordaram.

O Serviço Secreto decidiu interrogar Cardoso após perceber que no passado ele já havia tentado entrar na Casa Branca quando Barack Obama ainda estava no poder (2009-2017).

Os agentes levaram Cardoso a um centro psiquiátrico para que fosse avaliado e estão considerando a possibilidade de apresentar contra ele acusações por assediar a filha mais velha de Obama. / EFE

Mais conteúdo sobre:
Estados UnidosBarack Obama

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.