Sessenta milhões de chineses sofrem com o sobrepeso

Sessenta milhões de chineses sofrem com o sobrepeso e 160 milhões têm hipertensão, devido principalmente ao abuso na dieta de carne e gorduras, o Governo em relatório oficial divulgado pelo jornal "South China Morning Post". Além disso, 8,1% dos jovens que vivem nas cidades estão gordos, disse Pan Beilei, subdiretor do Comitê Assessor Estatal de Alimentação e Nutrição, que não informou, no entanto, o número preciso. "Por um lado, nosso país tem 23,65 milhões de pessoas que vivem na pobreza, e têm obviamente uma nutrição insuficiente. Pelo outro, parte da população recebe muita nutrição, o que levou a um aumento das doenças relacionadas com o sobrepeso", disse o especialista. Pan acrescentou que cerca de 20 milhões de pessoas que moram nas grandes cidades chinesas sofrem de diabete, uma das doenças surgidas no país com a abertura econômica e o surgimento da modernidade e seus maus hábitos alimentícios. Segundo um estudo do comitê, um cidadão chinês come uma média de 22 quilos de carne ao ano, enquanto seu consumo diário de gordura representa 38% da ingestão total de energia diária, muito acima dos níveis recomendados. Por outro lado, os cereais representam 41% da energia ingerida por dia, abaixo dos 65% recomendados. A dieta tradicional chinesa, composta de verduras, arroz e pouca carne, foi substituída nas grandes cidades pela cultura do fast-food, com centenas de empresas nacionais e estrangeiras atuando no país.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.