Yahya Arhab/Efe
Yahya Arhab/Efe

Sete combatentes da Al Qaeda morrem em ataque dos EUA no Iêmen

Armas leves e disparos aéreos foram registrados perto de acampamento jihadista

O Estado de S.Paulo

23 Maio 2017 | 02h09

WASHINGTON - As Forças Armadas dos Estados Unidos anunciaram na terça-feira, 23, terem abatido sete combatentes da Al Qaeda no Iêmen durante um ataque envolveu tropas terrestres.    

O ataque, apoiado pelas autoridades iemenitas, foi realizado nas primeiras horas da terça-feira contra um acampamento de jihadistas na região de Marib, oeste do país. Houve uso de armas leves e de disparos aéreos, informou o comunicado do Centro de Comando dos EUA no Oriente Médio (Centcom). 

O Iêmen passa por uma guerra civil devastadora que envolve os rebeldes huties e as forças do governo, apoiada por uma coalizão coordenada pela Arábia Saudita. Os EUA apoiam o grupo com a venda de armas, abastecimento de aviões em voo e dividindo informação de inteligência. 

O conflito no país já deixou mais de 8 mil mortos e 40 mil feridos, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Sete acordos de cessar-fogo e esforços de paz negociados na ONU fracassaram até o momento. / AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.