Sete iraquianos e quatro americanos morrem em ataques

Rebeldes e terroristas no Iraque mataram quatro membros da Guarda Nacional iraquiana, um chefe de polícia e dois policiais. Além disso, dois soldados dos EUA foram mortos e outros dois, feridos na segunda-feira, não resistiram e morreram hoje. Os guardas nacionais foram mortos quando um carro-bomba atingiu seu quartel em Kharnabat, ao norte de Bakouba. Uma picape branca acelerou na direção da guarita e tentou se misturar a um comboio de veículos militares americanos, disse o major Neal O´Brien. Um dos veículos forçou a picape para fora da estrada e os terroristas detonaram a bomba.Mais cedo, uma bomba de beira de estrada colocada no distrito de al-Washash em Bagdá matou o coronel Mouyad Mohammed Bashar, chefe de uma delegacia de polícia, e outro policial. Outro policial foi morto a tiros no norte do país, em Mossul.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.