Sete israelenses são feridos a tiros em Naplusa

Sete israelenses foram feridos a tiros, um deles gravemente, na madrugada de hoje, quando tentavam entrar em um santuário na região de Naplusa, principal cidade palestina na Cisjordânia, informaram militares e equipes de resgate. Os judeus ortodoxos passavam com um carro perto do túmulo de José quando foram atingidos, aparentemente por palestinos. Alguns judeus acreditam que José, que levou o povo judeu para o Egito, esteja enterrado naquele local. Para os palestinos, a sepultura é apenas de um xeque. Os soldados israelenses abandonaram o lugar com o início da atual onda de violência em outubro de 2000 e os palestinos o saquearam e o queimaram. O exército de Israel proibiu seus cidadãos de entrarem no local. Mesmo assim, frequentemente, membros da seita Breslav vão até à sepultura orar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.