Sete mil casais tentam quebrar recorde de beijos na Bósnia

Cerca de 7.000 casais na cidadede Tuzla, na Bósnia, tentaram quebrar o recorde mundial debeijos simultâneos na noite de sábado. Com fogos de artifício, um telão gigante, confetes e balõesem forma de coração como pano de fundo, a multidão beijou-sepor pelo menos 10 segundos, às 23h do horário local. "Nós quebramos o recorde, é demais", disse KristinaGligorovic, relações públicas do evento. Ela disse que o recorde deverá ser reconhecido através devídeo e documentação mostrando 6.890 casais se beijando aomesmo tempo. Os organizadores da chamada "Revolução do Amor" esperamsuperar um recorde conquistado na Hungria, onde 6.400 casaisentraram para o Livro dos Recordes Guinness por beijossimultâneos, em julho deste ano. A comunidade islâmica de Tuzla protestou contra o evento,dizendo que a exposição pública de amor vai contra sua tradiçãoreligiosa. Muçulmanos são quase metade da população da cidade. "As pessoas que participaram deste evento espalham aimoralidade sexual em nossa sociedade. A organização de talevento, pouco antes do mês de Ramadã, é uma expressão dedesrespeito aos sentimentos islâmicos", disse a comunidade emum comunicado. Mas o prefeito de Tuzla alegou que o evento almejavapromover a cidade e sua comunidade multiétnica. "Nós apreciamosa filosofia do amor, não do ódio. Deixe a revolução começar poraqui", disse ele. (Por Damir Sagolj)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.