Sete morrem em disputa entre traficantes na Colômbia

Pelo menos sete pessoas morreram, entre elas dois menores, em um massacre na região noroeste da Colômbia. Segundo as autoridades, os crimes foram resultado de disputas entre grupos rivais de traficantes de drogas. As mortes ocorreram na noite de ontem, numa região do município de Uramita, departamento (Estado) de Antioquia, 340 quilômetros ao noroeste de Bogotá, informou por telefone Andrés Rendón, secretário de governo de Antioquia.

AE-AP, Agência Estado

08 de julho de 2010 | 16h27

Na madrugada de 2 de julho, pistoleiros entraram em uma taverna em Envigado, também em Antioquia, e dispararam indiscriminadamente, matando oito pessoas. O diretor da Polícia Nacional, general Oscar Naranjo, disse que os crimes em Envigado são resultado de uma antiga disputa pelo controle do tráfico de drogas entre dois grupos rivais, o de Maximiliano Bonilla, conhecido como "Valenciano", e o de Erickson Vargas, o "Sebastián".

Tudo o que sabemos sobre:
COlômbiatraficantesmortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.