Sete mortos em ataque suicida contra soldados no Paquistão

Os explosivos foram deixados próximo a um posto de controle das forças de segurança de Kamra; há 8 feridos

Efe,

23 de outubro de 2009 | 02h54

Pelo menos sete pessoas, quatro delas civis, morreram nesta sexta-feira, 23, em um ataque suicida contra as forças de segurança na localidade paquistanesa de Kamra, cerca de 60 quilômetros ao noroeste de Islamabad, informou a Geo TV.

 

O suicida detonou sua carga explosiva em um posto de controle das forças de segurança próximo do Complexo Aeronáutico militar de Kamra. O ataque também deixou oito pessoas feridas, disse o oficial de distrito da polícia de Attock Fakhar Sultan, que confirmou que entre os mortos há dois membros das forças de segurança.

 

Outra fonte policial citada pela agência estatal APP reduziu a seis o número de mortos e colocou em 12 o de feridos. Segundo esta versão, o suicida se aproximou do posto de controle e, após ser interceptado pelos agentes, detonou os explosivos que levava no corpo e causou a morte de quatro civis e dois membros das forças de segurança.

 

Cerca de 200 pessoas morreram em uma nova onda de ataques terroristas registrada nas últimas três semanas no Paquistão, que levou o Exército a iniciar no sábado passado uma ofensiva no principal reduto dos talebans paquistaneses, a demarcação tribal do Waziristão do Sul, na fronteira afegã.

Tudo o que sabemos sobre:
Paquistãosuicidabomba

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.