Sete mortos em confronto rural no México

Pelo menos sete pessoas morreram ontem durante um confronto entre camponeses ocorrido nas proximidades das comunidades de Laja Tendida e Paraíso Grijalva, no município de Venustiano Carranza, no Estado mexicano de Chiapas. De acordo com as primeiras informações, um grupo de camponeses da organização Casa do Povo emboscou cerca de 100 habitantes, supostamente ligados a uma organização paramilitar. As vítimas estavam retornando do trabalho quando foram atacadas. Ainda não há informações sobre quantas pessoas ficaram feridas no ataque.O local onde aconteceram os confrontos é um ponto intermediário entre as comunidades de Laja Tendida e Paraíso Grijalva, localizadas na Sierra Madre Ocidental, que atravessa Chiapas. A região está localizada a 100 quilômetros de distância da área afetada pelo conflito zapatista.Ontem de manhã, as autoridades militares entregaram aos civis duas bases das sete posições do Exército federal em Chiapas, cujo desmantelamento - efetivado - era parte das exigências do Exército de Libertação Nacional (ELN) para retomar as negociações de paz com o governo federal.Há alguns dias, o grupo pertencente a Casa do Povo, juntamente com integrantes da organização campesina Emiliano Zapata (que não tem qualquer vínculo formal com o ELN), promoveu a invasão de vários prédios, comprometendo-se a entregá-lo amanhã.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.