Sete pessoas morrem em explosão de um ônibus no Oriente Médio

Pelo menos sete pessoas morreram e outras 30 ficaram feridas na manha desta quarta-feira na explosão de um ônibus próximo a cidade de Umm El Fahem, norte de Israel, informaram fontes policiais israelenses. O ônibus ia de Tel Aviv para Nazareth, pelo vale de Ara, quando um suicida palestino detonou a bomba dentro do veículo. O chefe de polícia Iaacov Borowsky disse que o suicida entrou no ônibus na parada de Umm El Fahem e logo depois o ônibus explodiu. Segundo testemunhas o ônibus estava cheio já que o atentado aconteceu no horário da manhã, hora que as pessoas estão indo para o trabalho. O atentado acontece horas antes do encontro entre os serviços de segurança israelenses e palestinos e o enviado norte-americano Anthony Zinni.Autoridades israelenses acusaram o presidente Yasser Arafat de não ter tomado as medidas necessárias para evitar novos ataques palestinos. "Percebemos que a Autoridade palestina de Yasser Arafat não dá nenhuma ordem clara para por fim ao terrorismo", declarou Arieh Mekel, porta-voz do primeiro-ministro israelense, Ariel Sharon. "É hora de Arafat impor aos grupos palestinos um cessar fogo. Caso isso não aconteça, a missão do enviado norte-americano Anthony Zinni corre o risco de fracassar", completou Mekel.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.