Sete pessoas são mortas em chacina na Colômbia

Um ataque de supostos integrantes de grupos paramilitares no sudoeste da Colômbia deixou pelo menos sete mortos e cinco feridos, informou hoje à Associated Press a polícia local. O ataque ocorreu ontem, por volta das 14h (horário local), quando seis homens armados com pistolas 9 milímetros e submetralhadoras incursionaram nas vilas de Guacharné e Cabañitas, no município de Caloto, departamento de Cauca, onde dispararam contra as vítimas e lançaram uma granada.Segundo testemunhos dados à polícia de Caloto, cidade localizada a cerca de 315 quilômetros de Bogotá, os assassinos conheciam as pessoas que atacaram. Um deles foi identificado como membro das Autodefesas Unidas da Colômbia (AUC), organização que agrupa as forças paramilitares.As vítimas foram levadas ao hospital municipal, todas com mais de cinco feridas de bala no corpo. Entre os mortos há uma mulher que estava grávida de cinco meses. No departamento de Cauca, habitado por um grande número de indígenas, as AUC e o grupo guerrilheiros Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) travam uma guerra pelo controle territorial.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.