STRINGER/AFP
STRINGER/AFP

Sete soldados ucranianos foram mortos nas últimas 24 horas, diz porta-voz

Combates no leste da Ucrânia estão no pior nível desde que um cessar-fogo foi acertado em setembro

O Estado de S. Paulo

26 de janeiro de 2015 | 08h46

KIEV - Sete militares ucranianos foram mortos e 24 ficaram feridos em confrontos com separatistas no leste do país nas últimas 24 horas, disse o porta-voz das Forças Armadas da Ucrânia Vladislav Seleznyov nesta segunda-feira, 26.

Os combates no leste da Ucrânia estão no pior nível desde que um cessar-fogo foi acertado em setembro.

Os rebeldes lançaram uma ofensiva sobre a cidade portuária de Mariopol e prometeram cercar a cidade de Debaltseve, onde os confrontos são mais intensos, de acordo com Seleznyov.

Segundo o Exército ucraniano, os rebeldes dispararam 115 vezes nas últimas 24 horas contra suas posições em localidades nas regiões separatistas de Donetsk e Louhansk, no leste do país.

O conflito, que começou há nove meses no leste da Ucrânia e fez mais de 5 mil mortos, teve na semana passada nova ofensiva, com intensos combates em Donetsk.

  / REUTERS

Tudo o que sabemos sobre:
UcrâniaRússia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.