Sete terroristas islâmicos são mortos na Macedônia

Sete supostos terroristas islâmicos forammortos, neste sábado, em choques com forças policiais pertode Skopje, capital da Macedônia, informou o ministro do Interiormacedônio, Ljube Boskovski. Segundo ele, os extremistas ingressaram no país provenientesdo Paquistão com o objetivo de atacar instalações governamentaismacedônias e embaixadas, principalmente as da Grã-Bretanha e daAlemanha. Esses países participam da luta antiterroristaliderada pelos Estados Unidos. "Eles são provavelmente cidadãos paquistaneses", disseBoskovski. "Aquele grupo terrorista estava na região com a intenção deatacar instalações vitais, funcionários macedônios e asembaixadas de Alemanha, Grã-Bretanha e Estados Unidos emSkopje." Após a autópsia nas vítimas, legistas disseram que elas tinhampele escura. Imagens apresentadas pela polícia aos jornalistasmostravam o que pareciam ser documentos de identidade com osnomes Omer Farooq e Bilal Hussein. Não foi possível confirmar a informação de forma independente.O Paquistão não possui embaixada em Skopje.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.