Sétuplos nascidos nos EUA devem sobreviver

Os sétuplos nascidos na semana passada, filhos de um casal da Arábia Saudita, têm agora 95% de chance de sobreviver, disse hoje o médico responsável pelo caso. "Na noite passada a mãe conseguiu segurar os bebês pela primeira vez", disse o doutor Siva Subramanian, chefe de Neonatologia do hospital da Universidade de Georgetown, em Washington, ao programa da rede CBS "Show da Manhã". "Agora que eles estão no quarto dia de vida há uma chance de 95%, eu acho, de conseguirem sobreviver". O pai, Fahad Qahtani, disse que ele e sua mulher estão felizes com o nascimento porque desejam ter uma família grande e perderam dois outros bebês nos últimos 5 anos. "Deus levou dois e nos deu sete", disse Qahtani em uma entrevista publicada nesta segunda-feira pelo jornal Washington Post. "Nós somos eternamente gratos a Ele". Os sétuplos nasceram na quinta-feira à noite. Seis deles já estão respirando sem auxílio de aparelhos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.