Seul acredita no fim do programa nuclear norte-coreano

A Coréia do Sul expressou otimismo nesta quarta-feira, 14, com os recentes rumos do acordo para colocar fim ao programa nuclear da Coréia do Norte. Os negociadores preparam uma avaliação dos pactos firmados em fevereiro.Durante as conversas entre os seis países no mês passado, a Coréia do Norte se comprometeu a fechar o seu único reator nuclear em funcionamento no dia 14 de abril, em troca receberá ajuda na área de energia e concessões políticas."Eu acredito que os acordos serão implementados", disse o Ministro de Assuntos Exteriores, Song Min-soon, durante uma entrevista coletiva.O comentário veio um dia antes dos oficiais dos EUA e da Coréia do Norte acertarem uma reunião com a Coréia do Sul, China, Rússia e Japão em Beijing para discutir a cooperação econômica e energética como parte das reuniões dos grupos de trabalho estabelecidos no acordo do dia 13 de fevereiro.Os oficiais realizarão também reuniões separadas para discutir a paz e a segurança no nordeste da Ásia, e a desnuclearização da península coreana.Song disse que Mohamed ElBaradei, diretor-geral da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), deve se reunir com os representantes dos Estados Unidos, China, Rússia, Japão e as duas Coréias para explicar o resultado de sua visita a Pyongyang, durante esta semana.Elbaradei disse na terça-feira, 13, que está otimista sobre a melhora das relações com a Coréia do Norte.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.