Seul detecta aumento de radiação na fronteira

COREIAS

, O Estado de S.Paulo

22 de junho de 2010 | 00h00

A Coreia do Sul denunciou ontem que detectou níveis altos de radiação perto de sua fronteira com a Coreia do Norte. Seul descartou a hipótese que a radiação seja resultado de testes nucleares norte-coreanos, mas não conseguiu determinar sua origem. Segundo o jornal sul-coreano Chosun Ilbo, Pyongyang poderia ter realizado um teste nuclear de pequenas proporções. Após o último teste realizado pela Coreia do Norte no ano passado, a concentração de xenônio, gás liberado após uma explosão nuclear, estava oito vezes mais alta que o normal.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.