Seul doa US$ 2 milhões para ONU ajudar a Coréia do Norte

Fortes chuvas e enchentes destruíram 11% da colheita e danificaram infra-estrutura norte-coreana

Associated Press,

30 de agosto de 2007 | 02h18

A Coréia do Sul vai doar US$ 2 milhões para a Organização das Nações Unidas (ONU) para ajudar a Coréia do Norte a lidar com as enchentes que afetam o país, informou um oficial nesta quinta-feira, 30. A ONU fez um apelo para conseguir US$ 14 milhões para fornecer para a nação comunista comida, remédios e água potável e outras itens emergenciais pelos próximos três meses. O vice-ministro da Unificação, Lee Kwan-se, disse aos jornalistas que Seul fará essa doação como parte desta campanha da ONU. Seul já enviou diretamente para a Coréia do Norte suprimentos emergenciais no total de US$ 7,53 milhões desde a semana passada. Além disso, prometeu uma ajuda adicional com materiais de construção e equipamentos pesados no valor de US$ 39,7 milhões. Lee disse que a última leva de suprimentos será enviada na próxima quinta-feira e a ajuda adicional até o dia 10 de setembro. As piores tempestades dos últimos 40 anos e as conseqüentes enchentes atingiram a Coréia do Norte no começo desde mês, deixando ao menos 600 mortos e cerca de 100 mil desabrigados. As enchentes destruíram 11% da colheita do país e danificaram a infra-estrutura e equipamentos industriais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.