Seul enviará 100 mil toneladas de arroz à Coréia do Norte

A Coréia do Sul anunciou neste domingo que enviará este mês 100 mil toneladas de arroz e outros bens de primeira necessidade à Coréia do Norte, para ajudar a atenuar os danos causados pelas inundações no país vizinho.Esta ajuda de emergência será a primeira assistência humanitária realizada por Seul a Pyongyang desde que o Governo sul-coreano decidiu suspender esse apoio em julho passado devido à crise dos mísseis balísticos lançados pela Coréia do Norte.No dia 5 de julho, a Coréia do Norte disparou sete mísseis, um deles de longo alcance, que caíram no Mar do Japão e desataram uma crise regional de grandes proporções.A Coréia do Sul imediatamente suspendeu a entrega de arroz e adubos agrícolas aos vizinhos do norte. "A decisão do Governo se baseia em motivos estritamente humanitários, atende aos danos causados pelas inundações no norte e responde aos pedidos de ajuda requeridos por diversas organizações civis e políticas" do Sul, indicou o vice-ministro de Unificação sul-coreano, Shin Un-sang.O vice-ministro afirmou que a ajuda com arroz custará US$ 203 milhões aos sul-coreanos. Além disso, serão enviados materiais de construção (cimento e aço) e cem caminhões à Coréia do Norte.Segundo as autoridades norte-coreanas, aproximadamente 800 pessoas morreram ou estão desaparecidas e outras três mil ficaram feridas em função das inundações ocorridas no país, durante o mês de julho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.