Seul liberará assistência médica a Pyongyang

A Coreia do Sul decidiu ontem retomar a assistência médica à Coreia do Norte por meio da Organização Mundial da Saúde, desbloqueando US$ 6,94 milhões retidos desde 2010. De acordo com informações da agência Yonhap, que cita um funcionário do Ministério de Reunificação sul-coreano, Seul decidiu liberar a verba por motivos humanitários e atendendo a uma solicitação da OMS.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.