Reuters
Reuters

Seul ordena aos moradores de Yeonpyeong a buscarem refúgio

Coreia do Sul fará manobras militares para 'defender as ilhas da região' e pede evacuação para cerca de 280 pessoas

Efe,

20 de dezembro de 2010 | 00h47

TÓQUIO - A Coreia do Sul ordenou nesta segunda-feira aos moradores da ilha de Yeonpyeong que se desloquem para refúgios, pouco antes do início das manobras militares nessa região situada a apenas 13 quilômetros da Coreia do Norte, informou a agência sul-coreana Yonhap.

Um porta-voz da Junta de Chefes do Estado-Maior da Coreia do Sul disse à Yonhap que as manobras anunciadas em Yeonpyeong, situada na tensa fronteira no Mar Amarelo (Mar Ocidental), são "rotineiras" e que Seul tem "legitimidade" para realizá-las a fim de "defender as ilhas do noroeste".

Na ilha se encontram cerca de 280 pessoas, entre moradores, jornalistas e funcionários, aos quais se lhes ordenou sua evacuação para refúgios antiaéreos através de alto-falantes logo pela manhã, segundo a agência sul-coreana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.