Seul pagará US$ 867 mi para manter soldados dos EUA

O governo da Coreia do Sul informou neste domingo que concordou em pagar cerca de US$ 867 milhões neste ano para manter as tropas norte-americanas em seu território.

AE, Agência Estado

12 de janeiro de 2014 | 08h01

Depois de meses de negociação com Washington, o ministério de Relações Exteriores de Seul confirmou uma contribuição de 920 bilhões de won (US$ 866,6 milhões) neste ano, alta de 5,8% em comparação com o ano anterior.

Os dois aliados também concordaram com um aumento anual máximo de 4% no valor até 2018, disse o porta-voz do ministério Cho Tai-Young a repórteres.

Desde 1991, a Coreia do Sul e os EUA têm compartilhado os custos de manter soldados dos EUA, atualmente em torno de 28 mil, no território. As ações conjuntas são um legado da Guerra da Coreia, ocorrida entre 1950 e 1953. As tropas têm como objetivo proteger a região contra as ameaças da Coreia do Norte.

O acordo é o nono pacto desde 1991 e está sujeito a uma aprovação parlamentar em Seul. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Coreia do SulEUAsoldados

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.