Seul propõe a Pyongyang reunião militar intercoreana

A Coréia do Sul propôs nesta segunda-feira ao Norte a retomada de seus contatos militares em 3 de maio, para definir as medidas de segurança necessárias a fim de unir as ferrovias entre os dois países, informou o Ministério da Defesa sul-coreano.O encontro pode ser realizado na Casa de Paz, na parte sul-coreana da zona fronteiriça desmilitarizada de Panmunjom.As reuniões entre militares das duas Coréias estão interrompidas há um ano, depois que Pyongyang alegou uma falta de acordo entre as partes para garantir a segurança do pessoal que deveria realizar os testes pertinentes com vistas a unir o sistema ferroviário entre ambos os países.Após o fracasso das reuniões de 2006, Seul e Pyongyang tentam agora superar as diferenças que impediram o início da unificação ferroviária na península coreana antes de 17 de maio, data prevista para o começo dos testes técnicos.As duas Coréias assinaram um Tratado de Armistício no fim da Guerra da Coréia, em 1953, que exige o consentimento militar para atravessar a fronteira.O Ministério sul-coreano espera uma resposta afirmativa por parte da Coréia do Norte antes do dia 3 de maio e se mostrou confiante em que Pyongyang não colocará obstáculos ao encontro se mantiver sua vontade de realizar os testes ferroviários.No último encontro do comitê econômico intercoreano, realizado há dez dias em Pyongyang, as duas Coréias se comprometeram a realizar estes testes no dia 17 de maio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.