Seul rejeita proposta de Bush sobre programa norte-coreano

O presidente sul-coreano, Roh Moo-hyun, rejeitou neste sábado, em reunião com George W. Bush, a proposta de participar do programa de inspeção de navios da Coréia do Norte, para evitar a transferência de tecnologia nuclear. Os dois presidentes estiveram reunidos durante uma hora em Hanói, onde participam da cúpula da Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (Apec). Bush queria o apoio do governo sul-coreano ao programa e às sanções internacionais impostas à Coréia do Norte em represália ao teste nuclear de outubro. Mas a Coréia do Sul, segundo Roh, não participa de todas as ações do programa de inspeções, apesar de apoiar os ´princípios e as metas´ para evitar a proliferação nuclear. Os dois líderes afirmaram, no entanto, que o encontro tinha sido "útil e "construtivo" e concordaram que a crise nuclear norte-coreana deverá ser resolvida nas conversações multilaterais, interrompidas em setembro do ano passado. A Coréia do Norte afirmou que está disposta a retomar as negociações com EUA, Coréia do Sul, China, Japão e Rússia. A questão nuclear será também o tema central do almoço de Bush com o novo primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, a primeira reunião entre os dois desde a chegada do japonês ao poder, em setembro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.