AFP Photo/ Al-Manar TV/ Handout
AFP Photo/ Al-Manar TV/ Handout

'Seus tuítes não nos assustam', diz Hezbollah sobre Donald Trump

Líder do grupo afirmou que o suposto ataque em Douma foi um 'teatro' e questionou o uso de armas químicas pelo regime de Assad

O Estado de S.Paulo

13 Abril 2018 | 14h48

BEIRUTE - O líder do Hezbollah reagiu às mesnagens do presidente Donald Trump no Twitter durante fala a apoiadores de Beirute nesta sexta-feira, 13. "Seus tuítes não nos assustam", afirmou Hassan Nasrallah. Ele descreveu os as publicações de Trump sobre o envio de mísseis à Síria como "Hollywood". "Todos esses tuítes e ameaças não assustam a Síria, o Irã, a Rússia ou qualquer movimento de resistência na região", disse, a partir de uma localização desconhecida no Líbano.

+ A crise na Síria, explicada

Nasrallah ainda disse que não há prova ou lógica nas acusações de que o governo sírio utilizou armas químicas em Douma. "Alguém que esteja encurralado pode usar armas químicas, mas por que um vencedor precisaria fazer isso?", questionou, se referindo ao regime de Bashar al-Assad como vitorioso no conflito. O líder o Hezbollah falou a seus seguidores xiitas através de um link de satélite. Ele declarou ainda que o suposto ataque químico em Douma é um "teatro". / AP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.