Sharif desacata ordem de prisão domiciliar no Paquistão

O principal líder da oposição paquistanesa, Nawaz Sharif, deixou sua residência em um comboio de veículos hoje, aparentemente com destino ao local onde ocorre uma marcha de protesto contra o governo, após ter sido colocado sob regime de prisão domiciliar, afirmou seu porta-voz, Asif Kirmani.

AE-AP, Agencia Estado

15 de março de 2009 | 10h40

No mês passado, Sharif, um ex-primeiro-ministro, foi impedido de concorrer ao cargo. Ele anunciou que lideraria uma passeata contra o governo, marcada para hoje, partindo da cidade de Lahore à capital, Islamabad. A manifestação seria realizada por advogados que pedem a volta dos juízes destituídos pelo ex-presidente Pervez Musharraf.

Tudo o que sabemos sobre:
PaquistãoSharifprisão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.