Sharon anuncia colônias que Israel manterá na Cisjordânia

O primeiro-ministro de Israel, Ariel Sharon, anunciou que seu governo pretende manter seis grandes colônias de judeus no território palestino da Cisjordânia, como parte de seu plano de ?desligamento? unilateral dos palestinos. As áreas que Israel pretende manter são: Maaleh Adumim e Givat Zeev, nas proximidades de Jerusalém; Ariel, no coração da Cisjordânia; Etzion, ao sul de Jerusalém; Kiryat Arba, perto da cidade palestina de Hebron; e enclaves de colonos dentro de Hebron.Ao mencionar os assentamentos, Sharon disse que são ?locais que permanecerão sob controle israelense?. Segundo o primeiro-ministro, a retirada unilateral de Israel da Faixa de Gaza e de partes da Cisjordânia favorece a segurança da nação e fortalece as colônias remanescentes. ?Apenas isso (a retirada) permitirá que movamos uma guerra sem tréguas ao terrorismo?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.