Sharon espera finalizar ofensiva na Cisjordânia em breve

Israel espera finalizar sua ofensiva militar na Cisjordânia "assim que possível", disse o primeiro-ministro de Israel, Ariel Sharon, após encontro com o secretário de Estado dos EUA, Colin Powell. Powell disse que ele e Sharon tinham um "compromisso mútuo" para conduzir os dois lados a negociações que levassem a um acordo de paz, que eventualmente levaria à criação de um Estado palestino. "Reconhecemos que, para conseguir o tipo de solução necessária, os dois lados têm de conversar," disse Powell. Powell disse que saiu da reunião com Sharon com "um compromisso para a paz e para encontrar um meio de prosseguir, para que estes dois povos possam viver juntos lado a lado". O secretário de Estado ainda disse que os EUA entendem a necessidade de Israel de se defender, mas "os lados têm eventualmente de conversar e negociar". Powell acrescentou que saiu da reunião sem um cronograma para a retirada de Israel. Amanhã, Powell se encontrará com o líder palestino Yasser Arafat na cidade de Ramallah, na Cisjordânia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.