Sharon estuda transferir judeus de Gaza para a Cisjordânia

O primeiro-ministro de Israel, Ariel Sharon, considera a possibilidade de transferir os assentamentos de judeus da Faixa de Gaza para partes do território palestino da Cisjordânia que ele pretende anexar na definição final das fronteiras entre Israel e o futuro Estado palestino, disse seu porta-voz. A idéia, descartada pelos palestinos, é um dos diversos movimentos unilaterais em debate no chamado ?plano de separação? de Sharon. O projeto, aventado pela primeira vez em dezembro, prevê a remoção dos soldados e colonos israelenses de algumas áreas palestinas e a imposição de uma fronteira por Israel - fronteira que anexaria parte das terras que os palestinos reivindicam para si. A proposta deverá ser finalizada dentro de, no máximo, três meses, disse o porta-voz Assaf Shariv.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.