Sharon move lado esquerdo do corpo; sem perigo imediato

Médicos encarregados da saúde do premier de Israel, Ariel Sharon, informam que o primeiro-ministro moveu a mão esquerda, sinal de uma melhora na função cerebral. Ainda segundo os médicos, o primeiro-ministro não corre perigo imediato. Minutos antes, a mídia israelense já informava que Sharon teria movido parte do lado esquerdo do corpo. Ontem, o premier já havia mostrado movimentos na mão e na perna direita. Sharon sofreu uma grande hemorragia cerebral no final da semana passada, passou por duas cirurgias e, desde ontem, está sendo retirado de um coma induzido por sedativos.Os médicos declaram que serão necessários dias até que se possa avaliar a extensão do dano ao cérebro de Sharon. Uma análise médica final do prognóstico do primeiro-ministro poderá pôr fim a dias de especulações sobre o destino político do homem que é visto, por muitos analistas, como a melhor esperança para a paz no Oriente Médio. Se for declarado permanentemente incapaz, Sharon será substituído por um dos quatro outros parlamentares de seu partido, o Kadima, que têm vaga no ministério israelense.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.