Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Sharon pede a palestinos que "abandonem violência"

Ariel Sharon, vitorioso nas eleições para primeiro-ministro de Israel, pediu aos palestinos que "abandonem a violência" e procurem acertar pacificamente suas diferenças com o Estado judeu, mas também prometeu manter o domínio israelense sobre a disputada Jerusalém. Sharon falou durante cerca de três horas depois que as pesquisas de boca-de-urna lhe deram uma vitória por ampla margem sobre o primeiro-ministro em exercício, Ehud Barak. "O Estado de Israel tomou um novo rumo, um rumo de segurança e verdadeira paz", disse Sharon diante de uma multidão de seguidores no centro de convenções de Tel Aviv. Imediatamente depois da divulgação das pesquisas, Barak telefonou para Sharon para felicitá-lo e reconhecer a derrota, ao que Sharon aproveitou para convidá-lo a unir-se a seu novo governo.

Agencia Estado,

06 de fevereiro de 2001 | 23h36

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.