Sharon pode aceitar retirada de assentamentos

O primeiro ministro de Israel Ariel Sharon disse que pode aceitar tomar algumas medidas para relaxar as tensões com o palestinos. Alguns meios de comunicação do país informaram que esse plano incluiria o fim de alguns assentamentos na Cisjordânia e Gaza em meados do próximo ano. Mas isso só aconteceria caso o novo governo do primeiro ministro palestino Ahmed Korei não conseguisse dar alguns passos considerados necessários por Israel para alcançar o acordo de paz, como o desarmemento das milícias. Sharon e Korei se reunirão nos próximos dias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.