Sharon promete a Bush esforço para encerrar ações militares

O primeiro-ministro de Israel, Ariel Sharon, garantiu ao presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, que seu país fará tudo para encerrar rapidamente as operações militares na Cisjordânia. A informação foi dada hoje pelo gabinete do primeiro-ministro. Os ataques israelenses começaram há nove dias. De acordo com um comunicado do gabinete, Sharon disse que compreende a preocupação do presidente norte-americano em terminar rapidamente a operação. Pouco antes um alto funcionário dos EUA revelou que Bush havia pedido a Sharon, por telefone, que as tropas saíssem sem demora dos territórios palestinos. "Ele disse ao primeiro-ministro que Israel precisa fazer progressos e reduzir a tensão para que a diplomacia possa atuar", declarou o funcionário, pedindo anonimato, se referindo à próxima missão do secretário de Estado Colin Powell na região. Powell deve viajar amanhã para a região em busca de uma solução para a crise entre israelenses e palestinos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.