Sharon promete coordenar ações unilaterais com os EUA

Israel coordenará com os Estados Unidos suas ações unilaterais na Cisjordânia e na Faixa de Gaza, afirmou o primeiro-ministro israelense, Ariel Sharon, depois de uma reunião com diplomatas americanos enviados para analisar seu "plano de separação". Falando sobre as preocupações americanas, Sharon declarou não acreditar que Israel prejudicará o roteiro para a paz ao reposicionar suas tropas e impor, unilateralmente, uma fronteira física com a Cisjordânia.Sharon vem prometendo remover 17 dos 21 assentamentos judaicos da Faixa de Gaza e mais alguns na Cisjordânia se não houver progressos na implementação do roteiro para a paz durante os próximos meses.O roteiro foi elaborado por Estados Unidos, Rússia, União Européia e ONU, membros do chamado Quarteto. O plano foi acatado em junho de 2003 por israelenses e palestinos, mas sua implementação ficou paralisada devido à falta de ação de ambas as partes.O embaixador dos EUA em Israel, Daniel Kurtzer, disse ser favorável a "negociações sérias com um parceiro palestino de confiança, mas os Estados Unidos concordam com Israel que, até agora, os palestinos não passaram nesse teste".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.