Sharon quer remover assentamentos de Gaza de um só vez

O primeiro-ministro de Israel, Ariel Sharon, quer que todos os 21 assentamentos judaicos da Faixa de Gaza sejam esvaziados ao mesmo tempo em vez de o desmantelamento ocorrer em três etapas, até setembro 2005. O objetivo é evitar choques violentos entre colonos judeus e forças de segurança - além de não criar confrontos dentro de seu gabinete. O novo plano foi apresentado nesta segunda-feira por Sharon ao seu gabinete.Se for mudado, o plano representará a primeira vez na história em que Israel autoriza o desmantelamento de assentamentos judaicos na Cisjordânia ou na Faixa de Gaza. Desde dezembro, quando Sharon começou a cogitar a possibilidade de executar a medida, os colonos judeus têm se organizado para resistir.Na opinião do analista Hanan Crystal, a remoção dos 21 assentamentos de Gaza ao mesmo tempo seria uma medida prática. "Se isso for feito em estágios, os mesmos mil colonos vão ficar indo de uma colônia para outra para resistir", disse. "Se tudo for feito de uma vez, onde eles resistirão depois?"

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.