Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Sharon repudia força de paz nos territórios ocupados

O porta-voz do primeiro-ministro israelense, Ariel Sharon, afirmou nesta segunda-feira que o governo do país rejeita o envio de uma força de paz internacional para a região. A proposta, feita pela França, foi aceita prontamente pela Autoridade Nacional Palestina."Aqui, não haverá força internacional. A única coisa que Israel aceita é a presença de observadores para a implementação das várias etapas do plano de paz", disse o porta-voz à agência de notícias France Presse.No domingo à noite, o senador republicano Richard Lugar, um dos mais próximos ao presidente americano George W. Bush, havia dito à BBC que os Estados Unidos estudavam participar dessa suposta força internacional de paz.Inicialmente, quando a força de paz foi proposta pela ONU, o governo americano a rejeitou. A segunda tentativa, que teria tido uma resposta diferente dos Estados Unidos, foi feita pelo ministro das Relações Exteriores da França, Dominique de Villepin.Ele declarou que tentará convencer seus colegas europeus num encontro nesta segunda-feira.As informações são do site da BBC em português. Para ler o noticiário da BBC, que é parceira do estadao.com.br, clique aqui.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.