Sharon reúne-se com generais e Israel mantém ataques

O primeiro-ministro de Israel, Ariel Sharon, reuniu-se esta manhã com os comandantes militares do país em uma base em Beit El, na Cisjordânia. "Vim para ouvir o que as forças estão fazendo e o que elas vão fazer", disse Sharon, acompanhado pelo ministro da Defesa, Binyamin Ben-Eliezer, e o comandante das Forças Armadas, Shaul Mofaz. A reunião acontecia enquanto helicópteros israelenses disparavam foguetes contra a sede local da Autoridade Palestina em Ramallah. Ontem, a Força Aérea de Israel atacou instalações da Autoridade Palestina em Gaza, destruindo os helicópteros do líder palestino Yasser Arafat.Tropas israelenses também usaram tratores para destruir a pista do aeroporto de Gaza, que é visto como símbolo do esforço dos palestinos para formar um Estado independente. Em reunião de emergência encerrada às 2h da madrugada de hoje (horário local), o gabinete de ministros de Israel considerou a Autoridade Palestina como "uma entidade que apóia o terrorismo".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.