Sharon saberá de ataque ao Iraque com antecedência

Israel será avisado com a antecedêncianecessária sobre um possível ataque dos Estados Unidos contra oIraque a fim de permitir que complete preparativos para umcontra-ataque iraquiano contra o Estado judeu, informou nesta sexta-feira o primeiro-ministro Ariel Sharon.A imprensa israelense informou nesta sexta que mais trêsbaterias antimísseis Patriot foram deslocadas para os arredoresda localidade portuária de Haifa, para a cidade de Gedera e parao pólo turístico de Eilar, no Mar Vermelho.Israel já moveu duas baterias do mais avançado sistemaantimísseis Arrow e uma bateria Patriot para os arredores doreator nuclear construído no Deserto de Negev.O deslocamento adicional ocorreu, em parte, como forma de preparar-se contra eventuais atentados no primeiro aniversáriodos ataques de 11 de setembro contra os Estados Unidos,informaram o jornal Maariv e o Canal 2 da tevê israelense.Sharon também disse que foi notificado por Washington doisdias e meio antes de aviões de guerra norte-americanos lançaremseus ataques contra o Afeganistão no ano passado."A coordenação estratégica entre Israel e os Estados Unidosestá num nível sem precedentes", considerou Sharon numaentrevista à Rádio do Exército de Israel.Sharon afirmou não poder estimar se ou quando ocorrerá umataque dos EUA contra o Iraque, mas garante que Israel seráavisado com antecedência se a ofensiva ocorrer.Perguntado com que antecedência o Estado judeu será notificado, Sharon respondeu que o aviso dará a Israel "tempo necessáriopara completar os preparativos". Disse ainda: "As autoridades norte-americanas sabemexatamente de quanto tempo necessitamos".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.